Centenário Josué de Castro: MDS lança prêmio de boas práticas em segurança alimentar e nutricional

Em 2003, o governo federal iniciou a construção da política pública de segurança alimentar e nutricional. Foram criados vários programas para garantir o direito do acesso a alimentos de qualidade em quantidade suficiente. Passados cinco anos, é a vez de reconhecer o trabalho feito por gestores de todo o País. Em 2003, o governo federal iniciou a construção da política pública de segurança alimentar e nutricional. Foram criados vários programas para garantir o direito do acesso a alimentos de qualidade em quantidade suficiente. Passados cinco anos, é a vez de reconhecer o trabalho feito por gestores de todo o País. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) lança no dia 5 de setembro, em Recife (PE), a primeira edição do "Prêmio Josué de Castro de Boas Práticas em Gestão de Projetos de Segurança Alimentar e Nutricional".

O evento será no Centro de Convenções da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), às 10 horas, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do ministro Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, do secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Onaur Ruano, e do presidente do Consea, Renato Maluf. O lançamento ocorre durante a VI Plenária do Conselho, que também homenageia o centenário de nascimento de Josué de Castro.

O prêmio pretende valorizar a gestão dos Estados, municípios e organizações não-governamentais. "O prêmio é um processo de amadurecimento das atividades do MDS na evolução do que fomos conseguindo desde o início do governo Lula", explica o secretário Onaur Ruano. Ele ressalta que o prêmio é mais uma etapa de aperfeiçoamento desse processo. "Primeiros fizemos investimentos na instalação dos equipamentos públicos, depois foram as capacitações e agora vamos premiar as boas práticas de gestão.”

O nome do prêmio é uma homenagem a Josué de Castro, pernambucano que neste ano completaria 100 anos, justamente no dia 5 de setembro. Josué – médico, geógrafo, sociólogo, político e escritor – foi um dos pioneiros no estudo da fome e suas causas. “O prêmio recebe esse nome por tudo o que Josué representa. O que conseguimos alcançar hoje na construção de política nacional segurança alimentar e nutricional se deve a ele”, destaca Onaur Ruano.

Participação – As inscrições do prêmio serão abertas dia 5 de setembro e podem ser feitas até dia 31 de outubro somente pelo site do MDS. Poderão participar gestores estaduais, municipais e da sociedade civil que executam projetos e ações de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS. Serão premiadas boas práticas de gestão em três esferas de atuação: governos estaduais e do Distrito Federal; governos municipais e sociedade civil.

O processo seletivo prevê análise técnica das práticas inscritas, feita por uma comissão de avaliação interna formada por técnicos do MDS, e posterior visita de averiguação. Na segunda parte, a Comissão Julgadora Mista fará a análise das práticas selecionadas e as classificará para a etapa final. O resultado será divulgado no dia 5 de dezembro. A premiação será em Brasília, em data a ser definida, com a entrega de certificado e viagem de intercâmbio nacional, as melhores práticas. O regulamento completo do prêmio estará disponível no site do MDS a partir do dia 05 de setembro.

Dimas Ximenes

SERVIÇO

Lançamento do Prêmio Josué Apolônio de Castro de Boas Práticas em Gestão de Projetos de Segurança Alimentar e Nutricional

Data: 5 de setembro
Horário: 10h
Local: Centro de Convenções da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Avenida Professor Moraes Rego, 1235, Cidade Universitária – Recife (PE)

Informações para a imprensa
Adriana Scorza / Dima Ximenes
ASCOM / MDS
(61) 3433-1052

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 7 =