O Tocantins ousa sonhar com o Poder Popular

Aconteceu nos dias 14, 15 e 16 de abril, no Centro de Treinamento de Líderes, em Miracema do Tocantins o encontro micro estadual, com o tema “Construção do Poder Popular a partir das experiências da RECID e dos Movimentos Sociais no Estado e Meio Ambiente”.

O encontro contou com a presença de educadores e educadoras de todo o Tocantins e da Vera do Talher Nacional, com a certeza de que educador (a) que sonha e constrói o poder popular a sociedade ajuda a transformar.

O encontro ajudou o grupo a refletir sobre a seguinte questão: A partir do chão que estou pisando onde estou de fato construindo o poder popular? Eu estou militando no poder popular de verdade ou apenas da boca pra fora?

fotos-to-2

O encontro permitiu ainda avaliar a caminhada dos educadores (as), as parcerias existentes no Estado com a RECID e os grupos acompanhados.

Foram realizadas cinco oficinas com os seguintes temas: Economia Solidária, Direitos Humanos, Meio Ambiente, Organizações Sociais, Gênero raça e etnia. Foi feito o levantamento dos avanços e aprendizados, desafios e contradições, dificuldades e demandas, e as prioridades.

A linha de ação do Estado está voltada para questões como: os direitos humanos, a juventude, ECOSOL (agricultura familiar, mulheres, pescadores, artesãos), meio ambiente, gênero raça e etnia (movimento negro, indígenas, quilombolas, catadores, mulheres, etc.).

Como prioridades para 2011/2012, criar a Escola de Formação para Militantes e fortalecer e expandir o trabalho com a juventude, que já acontece, mas de forma tímida. Sem deixar as ações que já acontecem e que são de grande importância para a construção do poder popular.

fotos-to-3

Na luta pela construção do Poder Popular no Estado estão sendo reforçadas as parcerias e feitas tentativas de uma agenda comum. A Vera lembrou que ninguém conscientiza ninguém. Quando o povo toma consciência de classe não se deixa manipular.

Mais do que nunca se tem a certeza de que não se pode levar para as pessoas algo pronto. Na RECID não se pensa pelos outros, procura-se saber o que as pessoas querem e depois fazer juntas.

Assim, o Tocantins procura não apenas construir o Poder Popular, mas desconstruir velhos preconceitos e atitudes que escravizam e maltratam o nosso povo, e busca construir novas relações de poder, e de transformação para uma nova sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 8 =