Saquinhos de leite geram renda para famílias em Alagoas

ImageGraças ao trabalho do Talher/AL uma rica experiência de educação cidadã surgiu no município de São Miguel dos Milagres, no litoral norte de Alagoas, distante 102km de Maceió.
O que para alguns é mesmo um milagre, começou mesmo foi com uma idéia bem simples, mas revolucionária. Trata-se do projeto ambientalista de geração de renda a partir dos saquinhos de leite que as famílias recebem do Programa Fome Zero. A iniciativa foi apoiada pela Fundação Augusto Gouveia.

A idéia, que surgiu nos encontros municipais promovidos pelo Talher/AL, se baseia na transformação do saquinho de plástico em produtos reciclados que, uma vez comercializados, podem gerar renda para as famílias, sobretudo para as mulheres. Para o projeto dar certo, o Talher/AL desenvolveu um trabalho educativo comas mulheres beneficiadas, ensinando-as a fazer tapetes e bolsas reaproveitamento do pacote do leite. Além da reciclagem, as famílias também estão organizando uma sementeira cuja produção será vendida para o Consórcio dos Municípios do Litoral Norte para arborizar as cidades.

Segundo Alice Silva de Melo, coordenadora microrregional, as famílias, além de estarem desenvolvendo uma atividade de geração de renda, também são envolvidas em um processo de educação cidadã voltado para inclusão social e para uma nova visão relacionada ao meio ambiente, a partir da reciclagem e processamento dos sacos de leite cujo destino seriam a lata de lixo ou a poluição ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*